Discurso e Representação da Memória no Manifesto: O Visconde de Ouro Preto aos seus concidadãos, do Visconde de Ouro Preto (1891)

Autores

Nárllen Dayane Advíncula Miguel

Sinopse

“Baseado em fatos reais” (pelo menos, é o que se supõe!). Está aí um enunciado que sempre me despertou interesse e motivação de estudo. Diários transformados em livros, como o Minha vida de menina, de Helena Morley (pseudônimo de Alice Dayrell Caldeira Brant), possuem esse “brilho”. Nesse livro, com vivacidade e bom humor, uma garota de província, do final do século XIX, desenha um retrato vivo de sua história passada em Diamantina, Minas Gerais, entre os anos de 1893 e 1895. Dessa obra, guardo a angústia que senti ao ler a descrição da morte de sua avó.

##plugins.generic.usageStats.downloads##

Não há dados estatísticos.
Capa para Discurso e Representação da Memória no Manifesto: O Visconde de Ouro Preto aos seus concidadãos, do Visconde de Ouro Preto (1891)

Detalhes sobre essa publicação

Date of first publication (11)
2017
Dimensões físicas